Carta aberta de um ex-combatente

9 comentários

Caros ex-combatentes,

No mês de Outubro de cada ano, a pensão/reforma dos ex-combatentes é contemplada com mais uns trocos, poucos que quase nem se dá pela diferença em relação aos outros meses. É o que costumamos chamar mês da esmola, o valor anual que nos é atribuído pelo esforço de guerra a que fomos obrigados.

Em período de discussão do OE (Orçamento do Estado) para 2017, assistimos a muitos sectores da sociedade puxando a brasa à sua sardinha, tentando pelo menos que algumas migalhas do bolo orçamental sejam repartidas a seu favor. Não dou conta ou então ando muito distraído que quaisquer representantes dos ex-combatentes tenham feito ao longo dos anos em matéria orçamental qualquer reivindicação que melhore a vida dos ex-combatentes e dou como exemplos, a isenção de taxas moderadoras na saúde, alguma bonificação no IRS ou no IMI.

Se estamos à espera que por iniciativa do poder político haja alguma benesse para as nossas causas podemos esperar sentados e a continuarmos mudos e quietos, junta-se a fome à vontade de comer. Parece que já estamos conformados por sermos inscritos na rubrica “A extinguir quando vagar” e o que é certo é que nas próximas duas décadas tudo ficará resolvido pela lei da vida.

No entanto, hoje ainda somos alguns milhares e merecemos ser mais respeitados, ser lembrados e fazer figura de corpo presente nas comemorações dos 10 de junho, no meu entender é muito pouco por comparação com o tratamento que outros países dão aos seus veteranos de guerra. Já temos no Parlamento um partido dos animais que reivindica e muito bem melhorias de vida para os próprios e seus donos, mas também não queremos ser tratados abaixo de cão.

No quadro que se segue reporto o extracto do benefício que sem qualquer aumento me é atribuído na qualidade de ex-combatente. Ao valor de 107, 52 há que descontar IRS e sobretaxa, o que no meu caso equivaleu este ano a um valor líquido anual de 71, 52.

img048

Um abraço a todos os ex-combatentes, gastem o SEP/CEP/AVP bem gasto, mas não abusem.

Mário Mendes

 

9 thoughts on “Carta aberta de um ex-combatente

  1. Tenho já feito varias chamadas de atenção nesse sentido, não podemos ficarde bracos trocados a espera que os políticos nos vejam,isto so vai com luta. Merecemos mais atenção.

  2. Bondia caro veterano pois venho justo de ler o seu articlo e gostei ,e pela mesma ocasião se lhes é possivel de me informar sen lhes dar muito trabalho era para me informar a onde é que eu me poderia informar sobre o meu caso ,assentei PRAÇA no BC6 EM CASTELO BRANCO 74 em agosto do mesmo ano fui para moçambique até au 24 de julho de 75 que passei à disponibilidade e sendo eu imigrante em França ja sou reformado , e au ir portugal ja me informei para ver se tinha diretor a essa miseria da tropa dissenran-me que não, por isso caro veterano poderia-me TALVES VOCE me endicar onde me déco de diriger .obrigado caro veterano .até mais cordialmente .

  3. EU FUI COMBATENTE E NAO RECEBO NADA DISSO ZERO

  4. Eu estive em angola no ano de 1967 / 69 a 100 % de campanha e só tenho 75€ de subsídio onde estam as associações dos combatentes que nada fazem

  5. Companheiros eu nunca recebi nada!

  6. Antonio Soares de Pina Eu estive em Angola em 1969 atè 1972 e recebo 150 euros andei sempre ou estive em zona considerada de combate no BCP 21 Pàra- Quedistas foi sempre a ainhar no Norte e Leste de Angola para receber estes miseros 150 euros e qualquerdia nâo recebemos nada Outubro de 2016 ` Responder

  7. … ele há uma velhinha ‘vox populi’, segundo a qual «quem não chora não mama»…

    Tb há quem mame e não chore.

    E tb há quem não aceite mama.

    Quem quiser sujeitar-se à humilhação de pedir ao Estado (a que chegámos), e a receber tal esmola, apenas tem de perder tempo a ler o que consta no sítio infra indicado, depois a preencher o requerimento, depois a enviá-lo para o destino, e depois a “esperar, calmamente sentado, à espera que a crise passe”…

    http://ultramar.terraweb.biz/ContagemdoTempo_SM.htm

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s