Até sempre, companheiro.

9 comentários

42 anos depois, a tragédia deste dia (05/02/1973) vem-nos sempre à memória. Dispensam-se palavras para descrever o que aconteceu, basta ver esta viatura para se ter a ideia da violência do rebentamento de uma mina anticarro que vitimou este nosso companheiro.

machado_unimog

José Rosa Sampaio, outro companheiro da C.Caç. 3413, no seu livro “O Vermelho do Capim: poemas da Guerra Colonial” que publicou em 1986, dedicou um poema ao malogrado António Amaral Machado e que aqui se evoca:

Tinhas uma mosca pousada na tua face vermelha

e os teus lábios entreabertos escondiam um palavra

que não disseste a ninguém …

roubaram-te até o que não te pertenceu em vida,

pois os elos da morte não perdoam a inocência da alma.

Descansa que talvez aconteça que não estejas morto.

(Mamarrosa, maio de 1973)

As fotos que se seguem são da sepultura na freguesia de Santo António, concelho de Ponta Delgada, sua terra natal.

Uma palavra de agradecimento à Junta de Freguesia de Santo António, que teve a gentileza de enviar as fotos.

Descansa em paz companheiro, até um dia. Os teus amigos e companheiros não te esquecem.

DSC_0008 DSC_0011 DSC_0017

Mário Mendes

 

9 thoughts on “Até sempre, companheiro.

  1. Um facto triste,mas lindo o gesto dos seus companheiros ao lembrar este camarada de guerra tantos anos depois. Eu vivi em Angola em segurança graças à bravura dos nossos soldados que combateram para protegerem as populações civis.Obrigada do Coração a todos os Combatentes.

  2. O Machado estará sempre presente no nosso, no MEU, coração.
    O que teve a honra de ser seu comandante.
    Carlos Ribeiro.

    • Vivi em S.Salvador e lembro-me deste acidente .Paz a sua Alma …..A conta d tantos soldados q difendiam estas terras tão longe d tudo .Viviamos sempre a espera do Domingo era
      quando chegava o abastecimento a cidade ………..Bem Haja a Todos d❤

  3. Aqui vai o que consta desse infausto acontecimento na História do BArt 3859-Cuimba (Nós éramos da Cª da Calambata – CArt 3449 – e passávamos muitas vezes pela Mamarrosa para ir para a zona do quartel inactivado da Magina:

    (Ñ me entra o PDF faço um resumo): Na véspera foram avistadas desde o Luvo luzes a meio da picada para a Mamarrosa e de aqui se disparou fogo de artilharia para a zona. No dia foi accionada na zona da Lucossa uma Mina Anti-Carro pelo Unimog que ia em 4º lugar na coluna que ia lançar tropa para a operação Malcata, seguindo-se uma emboscada que durou 30 minutos, tendo-se calculado o nümero de onimigos em 50. As NT sofreram 1 morto e 2 feridos.
    J. Tomaz Soares, ex-fur.mil.

  4. Recuperando o que escrevi num outro post, soube nesse fatídico dia de 05FEV1973, por força das circunstâncias, que algo de muito grave tinha acabado de acontecer. Estava eu no comando da escolta ao M.V.L (que incluia dois Grupos de Combate) preparado para sair com a coluna, pelas (08H30) de São Salvador, para fazer o percurso S. Salvador – Cruzamento da Lucossa – Canga – M´Pozo e regresso, quando recebi instruções para adiar a partida, o que só aconteceu pelas 10H11, passando pelo Cruzamento da Lucossa pelas 12h00. Seguramente que me trasmitiram o essencial, para que todo aquele percurso, que era dos que mais receava em toda a escolta que se fazia pelo distrito do Zaire, bem como o de regresso da Canga – onde acabámos por dormir (vedado que estava regressarmos de noite) só regressando a S. Salvador em 06FEV1973, fosse vivido com particular apreensão e redobrados cuidados. Muito triste a sorte que a roda da vida ditou, a quem acabou por estar, desafortunadamente, na hora errada no sítio errado.

  5. Os Homens nascem, vivem, crescem, engrandecem-se e continuam-se.

  6. Miserável país aquele que não tem heróis. Miserável país aquele que precisa de heróis.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s