Viva a democracia em Angola. Viva!

1 Comentário

Finalmente JES, Zé Dú, para os seus apaniguados, depois de 33 anos a exercer as funções de Presidente da República Popular de Angola, foi legitimado por voto popular nas eleições do dia 31 de Agosto de 2012.

Não o foi através de votação universal específica para o cargo, pois que em 2010, o MPLA, no poder em Angola desde a independência em 1975, à sombra da grande maioria (81%) que detinha no parlamento, alterou a constituição e agora há eleições gerais de 5 em 5 anos para eleger os deputados, sendo que o primeiro nome da lista do partido vencedor é automaticamente declarado presidente da república, e por consequência chefe do governo e comandante das forças armadas. Como também nomeia os governadores provinciais, o poder absoluto que detém não é compatível com a democracia, tal como a conhecemos noutros países.

Quanto ao poder judicial, a independência que a constituição lhe outorga, deve ser letra morta, porque um governante carregado com tanto poder, não se esqueceria de não meter também este no saco.

Actualmente, JES, é já o 4º governante com maior longevidade no poder, atrás dos presidentes do Brunei, de Oman e do Yemen. Kadafi também estava no poder há mais tempo, mas já não faz parte desta lista de recordes, teve o fim que conhecemos. Assim JES, é em África o mais duradouro e tem fortes possibilidades de alcançar o primeiro lugar a nível mundial. Nós por cá, também tivemos um 42 anos, também havia eleições, mas tanto a nível interno como externo, as classificações de ditadura e estado novo, foram as que ficaram para a história.

Como o presidente angolano sabe que a nível eleitoral vale menos que o seu partido, colocou-se estrategicamente debaixo da pala do MPLA e como à luz da constituição só os partidos podem apresentar listas, JES, preparou bem a sucessão de si próprio, não fosse aparecer do nada uma individualidade com o carisma de Jonas Savimbi.

Vamos então aos resultados. O MPLA, obteve cerca de 72%, a UNITA, 18% e a terceira força política foi a CASA-CE (Convergência Ampla de Salvação de Angola – Coligação Eleitoral), formada por dissidentes do MPLA e da UNITA, com 6% dos votos. A FNLA, um dos movimentos da luta armada contra o colonialismo obteve apenas 1% dos votos e fica com 2 assentos no Parlamento.

Em Angola, o poder está todo concentrado em Luanda, mesmo o poder local emana da capital, com o PR a designar os 18 governadores provinciais que por sua vez escolhem os administradores locais. Esta política de concentração do poder em Luanda foi sempre um desígnio do MPLA, e foi por isso que não descansou enquanto não empurrou para fora da capital os outros movimentos de libertação. O peso eleitoral da capital bem como os outros que determinam a vida económica e social do país garantem que quem mandar em Luanda é que é o dono. Savimbi, percebeu a estratégia como ninguém e por isso lutou até à morte contra tal desiderato.

Num Parlamento com 220 lugares, apenas 45 são da oposição, mas o principal partido da mesma quase duplicou a votação, tendo o partido vencedor perdido 9% em relação às eleições de 2008. A oposição pouco mais pode fazer no parlamento que simples figura de corpo presente, mas se o partido do galo negro tivesse um líder como Jonas Sabimbi, outro galo cantaria. Mesmo assim, água mole em pedra dura, tanto dá até que fura!

Mas atenção que ainda há milhões de angolanos que não deram apoio explicito ao MPLA e ao seu líder, desde logo os 40% de angolanos eleitores que se abstiveram e 6% de votos brancos e nulos.

Até Setembro de 2017, o status quo em Angola, continuará na mesma como a lesma, e penso que o cenário se manterá durante largos anos, JES está apostado em entrar para o livro do Guinness e depois se o povo um dia se fizer ouvir de modo diferente, será que esta gente habituada a mandar, onde nem sequer no seu seio impera a democracia (veja-se o que aconteceu em 27 de Maio de 1977), respeitará a vontade soberana do voto popular? Esta democracia angolana está para lavar e durar!

Mário Mendes

One thought on “Viva a democracia em Angola. Viva!

  1. zé dú é um cão

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s