Cronologia da guerra colonial (Agosto/1961)

1 Comentário

? – Chegam a Angola os BCaç 230, 261, 262 e 279.

1 – O ministro do Exército visita Cabinda e Luanda.

3 – Morrem em combate 2 militares. Um sargento da CCav 147 e um soldado da CCav 107.

4 – Ocupação de Zala e Quicunzo pelas forças portuguesas, que progridem para Nambuangongo.

– É morto o soba de uma sanzala na zona de Catete-Cassoneca (Angola), tendo avançado para lá um pelotão de caçadores, visto o IN [Inimigo] tentar pela força persuadir a população nativa da região a abandonar as sanzalas e segui-lo.

6 – Numa acção para recuperar material abandonado a norte de Cassoneca, onde na noite anterior as forças portuguesas sofreram uma emboscada, há a registar a morte de uma praça e de um oficial subalterno da Polícia Militar, o tenente Jorge Manuel Cabeleira Filipe.

7 – Declaração do Ministro do Exército à emissora oficial de Angola, onde afirma que aos «terroristas» se colocava apenas um dilema: «Rendição incondicional ou aniquilamento total».

– Morrem em combate 4 militares. Três da CCaç 116 e um da CCaç 105.

8 – Morrem em combate 2 militares. Um cabo do BCaç 96 e um soldado do BCaç 158.

9 – Morrem em combate 2 militares da CCaç 89.

– As forças portuguesas do tenente-coronel Maçanita reocupam Nambuangongo, principal reduto da UPA, após cerca de cinco meses de ocupação pelos rebeldes e de que resultaram pelo menos 21 mortos e 61 feridos entre forças portuguesas.

10 – O Movimento Nacional Feminino passa a ter constituição jurídica, com estatutos aprovados.

11 – Primeira operação militar com lançamento de pára-quedistas, efectuado sobre a região de Quipedro, em Angola. A 1ª Companhia de Caçadores Pára-Quedistas saltou a partir de aviões C-54 Skymaster.

12 – Reocupação de Madimba (São Salvador – Angola), pela 8ª CCE do RI 11, de que resultou 1 militar morto.

– Morrem em combate 3 militares. Um furriel da CCaç 82, um soldado da CCaç 81 e um soldado da CCaç 105.

15 – Morrem em combate 3 militares. Um soldado pára-quedista do BCP 21, um do Bcaç 1 e um da CCaç 127.

16 – Morrem em combate 2 militares da CCaç 116.

17 – Primeira utilização operacional dos aviões caças-bombardeiros F-84, a partir da base Aérea de Luanda.

22 – Morrem em combate 4 militares. Dois da CCaç 164, um da CCaç 140 e um do BCaç 137.

24 – Início de uma operação conjunta, com aviação, pára-quedistas e forças terrestres, na serra de Canda (Angola).

28 – Adriano Moreira, ministro do Ultramar, abole o estatuto do indigenato.

29 – Morrem em combate 3 militares. Um sargento da CCav 149 e duas praças do BCaç 261 e da CCav 122.

31 – Durante este mês as baixas das forças portuguesas totalizaram 39 mortos. Em acções de combate morreram 33 militares.

Do livro: “Cronologia da Guerra Colonial“, de José Brandão

One thought on “Cronologia da guerra colonial (Agosto/1961)

  1. Com a saída Comp 127 entra a comp caçadores especial 368 em Agosto de 1962. Entre Nanbuangongo Zala e Vila PInpa, lá ficaram 7 companheiros. de quem ainda hoje tenho saudades e recordações. Saimos a 1 Junho 1963, para H de Carvalho Teixeira de Sousa Cavumgo. aonde Savibim ,já andava a preparar , outra frente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s