Intentona das Caldas

2 comentários

Este acontecimento, também designado “Levantamento das Caldas” ou “Revolta das Caldas” foi uma tentativa de golpe de Estado falhada ocorrida em 16 de Março de 1974, em que um grupo militar com cerca de 200 elementos partiu do RI 5, nas Caldas da Rainha, sob o comando do capitão Armando Marques Ramos e rumou a Lisboa.


RI 5 das Caldas da Rainha

A 14 de Março de 1974, face à contestação da política ultramarina governamental, um grupo de oficiais generais dos três ramos das Forças Armadas participou, em S. Bento, numa cerimónia de apoio a Marcello Caetano (a chamada Brigada do Reumático). Estavam ausentes o chefe e o vice-chefe do Estado Maior das Forças Armadas, respectivamente os generais Costa Gomes e António de Spínola. Devido à sua ausência, foram demitidos, nesse mesmo dia, dos seus cargos pelo chefe do governo. A demissão de Spínola provocou indignação nalguns oficiais, que, em 16 de Março de 1974, fizeram a primeira tentativa de derrube do regime. Do Regimento de Infantaria das Caldas da Rainha saiu uma coluna com esse objectivo, que foi rapidamente neutralizada pelas forças governamentais. Apesar do insucesso, não deixou de constituir um balão de ensaio para o golpe que se avizinhava.

O comunicado oficial:

Na madrugada de sexta-feira para sábado, alguns oficiais em serviço no Regimento de Infantaria 5, aquartelado nas Caldas da Rainha, capitaneados por outros que nele se introduziram, insubordinaram-se, prendendo o comandante, o segundo comandante e três majores e fazendo em seguida sair uma Companhia autotransportada que tomou a direcção de Lisboa. O Governo tinha já conhecimento de que se preparava um movimento de características e finalidades mal definidas, e fácil foi verificar que as tentativas realizadas por alguns elementos para sublevar outras Unidades não tinham tido êxito. Para interceptar a marcha da coluna vinda das Caldas foram imediatamente colocadas à entrada de Lisboa forças de Artilharia 1, de Cavalaria 7 e da GNR. Ao chegar perto do local onde estas forças estavam dispostas e verificando que na cidade não tinha qualquer apoio, a coluna rebelde inverteu a marcha e regressou ao quartel das Caldas da Rainha, que foi imediatamente cercado por Unidades da Região Militar de Tomar. Após terem recebido a intimação para se entregarem, os oficiais insubordinados renderam-se sem resistência, tendo imediatamente o quartel sido ocupado pelas forças fiéis, e restabelecendo-se logo o comando legítimo. Reina a ordem em todo o País.

2 thoughts on “Intentona das Caldas

  1. Je recherche Armando Marques Ramos ami de jeunesse des années 1964

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s