Subvenção Mensal Vitalícia

Deixe um comentário

Em Portugal, os ex-titulares de cargos políticos recebem uma prestação mensal vitalícia quando deixam de exercer esse cargo e já são mais de 400 os beneficiários deste regime especial.

Os valores acumulados com estas subvenções já ultrapassaram 90 milhões de euros e custam ao erário público cerca de 8 milhões de euros por ano.

Num país em crise profunda, onde se cortam vencimentos e pensões de mil euros, as subvenções quase todas elas com valores superiores a 2 mil euros ficam incólumes aos cortes porque afinal só são percebidas em 12 meses.

Caros ex-combatentes comparem os nossos CEP, SEP, AVP que variam entre 75 e 150 euros por ano (6,25 € a 12,50 €/mês), “benefícios” adquiridos por 2 anos de comissão nas guerras em África ao serviço da Pátria.

São estes senhores beneficiários de tais subvenções que acumuladas com reformas chorudas nos entram todos os dias pela porta dentro através da televisão a dizer que é preciso cortar despesa porque a dívida pública engorda a cada dia que passa.

Hoje não me apetece tecer mais comentários, isto já enjoa, e sabem que mais? Estas leis que protegem a classe política são sempre aprovadas por unanimidade na Assembleia da República, da direita à esquerda, todos comem do mesmo “tacho”

Aqui fica a lei que permite esta legalidade mas que no momento presente é uma enorme imoralidade: Lei 4/85.

Mário Mendes

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s