Aniversário no mato

3 comentários

Estávamos há uma semana no acampamento de tendas de lona, habitado por cerca de quatro centenas de homens, na gíria militar chamava-se base táctica e ao local tinha sido dado o nome de Cleópatra, geograficamente localizado no planalto do Luaia, um rio afluente do Loge, na província do Uíge, norte de Angola. Não sei qual o significado daquele nome em terreno tão no meio do nada, talvez lá do alto do morro algum homem tentasse descortinar por ali alguma sereia que no seu devaneio seria a Cleópatra, acampamento idêntico ao do cabeçalho, Cecília. Pelos vistos o baptizador daqueles locais gostava da letra C.

O 8 de Setembro de 1971, ficou para sempre gravado na minha memória, que sítio mais inóspito me haveria de sair na rifa para festejar o 22º aniversário. Mesmo assim, não faltou o espumante e rodeado dos meus companheiros a festa de arromba.

Muita cerveja, e outras bebidas com mais teor alcoólico contribuíram para um “cocktail molotov” e a explosão foi forte.


No meio dos festejos, descobri que na nossa companhia, outro companheiro de armas era também aniversariante e a repetição de brindes aumentou ainda mais a carga explosiva.


Aqui estão os “donos” da festa desse dia. Quem sabe do Vítor Manuel Ferreira Tomás, de Lisboa, à direita? Caro amigo, parabéns, temos mais 40, é a vida!

Para melhor conhecerem o que eram estas bases tácticas, façam o favor de ler este artigo clicando AQUI.

Mário Mendes

NR: No ano de 1949 houve acontecimentos relevantes tais como:

  • Criação do Tratado do Atlântico Norte (OTAN).
  • Lançada a primeira sonda espacial norte americana, a Viking que chegou a 80 km da terra.
  • A União Soviética (URSS) testa a sua primeira bomba atómica.
  • Fundação da República Federal da Alemanha e criação da República Democrática Alemã (Divisão da Alemanha depois da 2ª guerra mundial).
  • Criada a República Popular da China por Mao Tse-Tung.

3 thoughts on “Aniversário no mato

  1. Caro Mário Mendes,

    Os meus sinceros parabéns esperando que os festeje por muitos anos e eu continue a ler as suas recordações da guerra em Angola.
    Um dia muito feliz na companhia de todos os que lhe são queridos.
    Um abraço,
    José Magalhães

  2. Obrigado José Magalhães, haja saúde para todos.
    Um abraço.

  3. Foi uma agradável surpresa! Graças a vocês, aqui estou a relembrar todos aqueles inolvidáveis tempos de juventude, consumidos exatamente nos mesmos locais, Toto, Cleópatra Cecília, mais tarde, Bembe e também Damba!
    Conseguiram reproduzir ipsis verbis o que lá passámos. Obrigado! Pertenci á c c1311 do capitão Videira. Creio mesmo que fomos os vossos anfitriões!Lembram-se?
    Abraços a todos. Furr Moura.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s