Há vacas no Luvo!

2 comentários

Informo todos os que estiveram no norte do Zaire, Angola (Luvo, Mamarrosa, Canga) que por ali já pastam vacas e touros, a fazer lembrar o nosso Ribatejo.

Por causa da mosca tsé-tsé, tem sido difícil a implementação de gado bovino na região, mas agora foi importada da RDCongo uma raça resistente à doença do sono.

O projecto está sediado na localidade de Nkoko, este nome não nos é familiar, será uma aldeia fundada depois da nossa estadia na zona, mas deve situar-se entre a Mamarrosa e o Luvo. Aqui fica a imagem de satélite.

Parece que estão à procura de jovens agricultores para desenvolver o projecto. Quem tiver “saudades” daqueles tempos de 1972/73 pode avançar. Na foto também podemos ver diversos pântanos que criaram aqueles mosquitos que nos sugaram o sangue …

A notícia de que faço eco pode ser lida AQUI.

Mário Mendes

2 thoughts on “Há vacas no Luvo!

  1. Ao ler este artigo, o primeiro pensamento que tive foi dos vestígios de um antigo aglomerado populacional que encontrávamos nos nossos patrulhamentos, e se situava a meio caminho entre o Luvo e a Mamarrosa muito perto da picada.
    Sempre que nos deslocávamos para aquelas bandas costumávamos visitar este local, para nos abastecermos de laranjas que havia em grande quantidade, alem destes saborosos e refrescantes frutos também se encontravam algumas mangueiras, como aquelas que existiam dentro do aquartelamento do Luvo. Estas arvores que produzem as apreciadas mangas são originarias da América do Sul, o que me leva a concluir que tenham aqui sido plantadas pela mão humana, assim como as laranjeiras que também não são nativas desta região .
    Será que é neste local que se encontra Nkoko? É possível, já que os habitantes desta imensa região se refugiaram no Zaire, na sequência dos acontecimentos de 1961 e começaram a regressar aos seus locais de origem a partir de 1975.
    Manuel Aldeias.
    P.S. estou a construir um Blogue, ainda é uma criança, no entanto agradeço a vossa visita e comentários em: http://manuelaldeias.blogspot.com/
    Ao ler este artigo, o primeiro pensamento que tive foi dos vestígios de um antigo aglomerado populacional que encontrávamos nos nossos patrulhamentos, e se situava a meio caminho entre o Luvo e a Mamarrosa muito perto da picada.
    Sempre que nos deslocávamos para aquelas bandas costumávamos visitar este local, para nos abastecermos de laranjas que havia em grande quantidade, alem destes saborosos e refrescantes frutos também se encontravam algumas mangueiras, como aquelas que existiam dentro do aquartelamento do Luvo. Estas arvores que produzem as apreciadas mangas são originarias da América do Sul, o que me leva a concluir que tenham aqui sido plantadas pela mão humana, assim como as laranjeiras que também não são nativas desta região .

  2. existem mangueiras em angola assim como na america do sul.O mesmo se passa com as bananeiras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s