Serra de Estrela

1 Comentário

Serra de Estrela

Hoje não vou escrever sobre o passado, a guerra colonial, porque também é preciso desanuviar este espaço. Há mais vida para além da guerra.

Vivo a cerca de 70 Km da Serra de Estrela, mas tenho o privilégio de a poder contemplar da janela de minha casa, e com os dias bonitos até vejo a torre de 9 metros que está lá no cimo para perfazer os 2000 metros.

Este ano tem estado com muita neve e ao vê-la assim de longe, há dias deu-me ganas de a ir visitar. Com a minha companheira de há mais de 40 anos, lá vamos nós A23 acima. Desta vez não subimos pela Covilhã, fomos mais adiante e saímos da auto-estrada em Belmonte, rumando depois para Manteigas. A paisagem é deslumbrante, com o rio Zêzere a serpentear a estrada. Observem as suas águas límpidas e transparentes.

zezere

De Manteigas subimos até às Penhas Douradas, lugar de onde se avistam montes e vales salpicados de branco parecendo um enorme presépio. Passámos pela nascente do Rio Mondego, um fio de água cristalina que depois de galgar os obstáculos que se lhe deparam, se torna no grande rio que banha a linda “cidade dos doutores” e vai deslizando de mansinho pela campina de Montemor-o-Velho até ao  encontro do mar na bela cidade da Figueira da Foz.

A “placa” Sabugueiro indica-nos o caminho florestal que desce vertiginosamente até esta típica aldeia onde os negócios locais são predominantemente os casacos de pele e os meigos cães “serra de estrela”. Neste vale encontramos outro rio (Alva), que nasce no mesmo sítio do Mondego mas  de costas voltadas um para o outro e se vai juntar ao seu irmão maior, 50 km mais à frente na localidade de Porto de Raiva, concelho de Penacova, distrito de Coimbra.

A estrada começa a inclinar-se e a paisagem vai-se transformando de salpicos de neve para um branco cada vez mais contínuo. As lagoas estão congeladas e quando chegamos ao cimo é um verdadeiro espectáculo. Apesar de levarmos agasalhos, bem podíamos ir de manga curta porque na realidade não estava frio, a temperatura era muito amena, o sol resplandecente, e até deu para bronzear …

Vejam a luminosidade da serra de Estrela. Os amantes da natureza não podem perder este paraíso. (Mário Mendes)

skylagoa

One thought on “Serra de Estrela

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s